Quando é a hora certa de procurar médico especialista em rins? - Instituto Lithos

Quando é a hora certa de procurar médico especialista em rins?

Alimentação saudável
5 alimentos bons para os rins que você precisa incluir na dieta
21 de setembro de 2018
Tipos de pedras nos rins
Você conhece os principais tipos de pedras nos rins?
5 de outubro de 2018
Show all

Quando é a hora certa de procurar médico especialista em rins?

Especialista em rins

Uma ideia comum entre homens é pensar que o médico especialista em rins — o urologista — só trata deles. Ledo engano; o profissional também trata mulheres! Seja para qualquer um dos sexos, você deve saber quando deve buscar um especialista em urologia.

A especialidade médica trata dos sistemas urinários masculino e feminino, que abrange rins, ureteres e bexiga, principalmente a área cirúrgica dessas doenças. Descubra agora todas as atribuições desse profissional e se cuide!

Qual é o trabalho de um urologista?

Urologistas são médicos especializados em tratar o aparelho urinário masculino e feminino. Além disso, o aparelho genital do homem, que compreende testículos, próstata, etc., também faz parte da responsabilidade desse profissional.

O urologista é capacitado para atender pacientes desde o momento da consulta, aos exames, cirurgias e acompanhamento periódico. Problemas de incontinência urinária e outros distúrbios desse sistema, dos dois sexos, são tratados por urologistas.

Disfunções relacionadas ao sistema genital masculino, como ejaculação precoce e problemas de ereção, também são tratadas pelo mesmo profissional. Enquanto que o aparelho genital feminino fica a cargo de profissionais da ginecologia.

Dentro da urologia há várias subespecialidades. Conheça cada uma delas:

  • Urologia pediátrica: voltada ao atendimento de aparelho urinário de crianças, inclusive com problemas urológicos;
  • Uroginecologia: direcionada às incontinências urinárias da mulher, e outros problemas relacionados;
  • Uro-oncologia: trata dos tumores urológicos;
  • Uroneurologia: cuida de males do trato urinário decorrentes de distúrbios neurológicos adquiridos ou congênitos, que prejudicam o padrão miccional, seja com incontinência urinária ou com retenção urinária, além de aumento na frequência urinária;
  • Andrologia: trata com maior grau de especialização as disfunções sexuais, incluindo disfunção erétil e ejaculação precoce, infertilidade masculina e cirurgias para colocar próteses penianas, etc;
  • Endourologia: especialidade que utiliza métodos menos invasivos possíveis para tratar das disfunções urológicas, principalmente os cálculos renais;
  • Laparoscopia: é a especialização na cirurgia laparoscópica, feita na cavidade abdominal por meio de um endoscópio;
  • Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs);
  • Transplante Renal: a urologia cuida preferencialmente da cirurgia do transplante e suas complicações, bem como a captação do órgão.

Quando devo procurar um médico especialista em rins?

A ida ao médico urologista não deve ser feita apenas quando alguma dor na lombar aparece ou quando uma coloração diferente na urina surge, por exemplo. Esse é um profissional que pode contribuir para o bem-estar e a saúde geral dos pacientes, em todos os estágios da vida.

Homens acima dos 40 anos devem ir anualmente ao urologista para fazer os exames de PSA e de toque. O primeiro avalia alterações na próstata, por meio de exame sanguíneo. Já o segundo, constata se o tamanho da próstata está fora do comum, o que indica muitas vezes, câncer no órgão.

Já se alguns dos sintomas abaixo aparecerem, deve-se ir o quanto antes a um urologista. Esses sinais indicam quadros de graus médios a avançados, de algum distúrbio no sistema urológico. Veja:

  • dificuldade e dores para urinar;
  • urina escura, turva ou com sangue;
  • urinar muitas ou poucas vezes, saindo do seu padrão diário;
  • aparecimento de infecção urinária;
  • dores incomuns nas áreas lombares e nas virilhas;
  • aparição de volumes no abdômen ou região dos rins;
  • febre, isolada ou junto com um ou mais dos indícios acima.

Além desses sintomas, problemas relacionados a disfunções sexuais, dores nos testículos, pênis, etc., também são motivos preocupantes para ir a um urologista.

Deixar o preconceito de ir ao médico urologista, de lado, e encarar a ida como uma consulta rotineira, muitas vezes poupa sua saúde de problemas graves. E entender o papel desse profissional já é um importante primeiro passo na hora de se cuidar.

O médico especialista em rins trata vários distúrbios além daqueles ligados ao genital masculino. O trabalho desse profissional é muito importante para a saúde dos dois sexos. Então compartilhe esse artigo em suas redes sociais e faça com que essas informações alcancem mais pessoas com dúvidas sobre essa especialidade médica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *